Morre o atacante indígena Aru, vitima de acidente de carro

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Na madrugada desta sexta-feira (30), um grave acidente interrompeu a vida do atacante Paulo Aritana Sompre, o Aru, 31 anos, que virou destaque nacional e mundial ao atuar pelo Gavião Kyikatejê, primeiro clube indígena do país. Aru teve passagem pelo São Raimundo no ano de 2012 na disputa do Campeonato Paraense. O indígena foi vítima de um acidente de carro na Rodovia BR-222, entre os Bairros São Félix e Morada Nova, próximo ao Residencial Tiradentes, em Marabá.

Na foto o atacante "Aru", da direita para esquerda é o segundo.

Na foto o atacante “Aru”, da direita para esquerda é o segundo.

Confira a Nota Oficial do São Raimundo Esporte Clube

Com profundo pesar, o São Raimundo Esporte Clube informa e lamenta o falecimento do atacante Indígena Paulo Aritana Sompre, conhecido como Aru. Ele era um dos líderes do Gavião Kyikatejê – nome do clube e da tribo que fica no município de Bom Jesus do Tocantins, distante cerca de 450 quilômetros da capital Belém.

Aru teve passagem pelo pantera no ano de 2012 na disputa do Campeonato Paraense. O indígena, que tinha 31anos, faleceu nesta sexta-feira (30) vítima de um acidente de carro na Rodovia BR-222, entre os Bairros São Félix e Morada Nova, próximo ao Residencial Tiradentes, em Marabá.

O São Raimundo Esporte Clube lamenta profundamente o ocorrido e se solidariza com os familiares, amigos e profissionais que conviveram com uma pessoa de grande caráter e profissional exemplar.

Por Luan Rodrigues

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×